Por que Ajudar o Pedrinho? » We Love Cherry
22
jul
Por que Ajudar o Pedrinho?
Em: Ajude

Conheci o Pedrinho no Instagram, através de uma campanha que se formou para ajudá-lo:  Amigos do Pedrinho.

pedrinho1

Ele tem a idade da minha filha Nina e seu sorriso é muito parecido com o dela.

Como mãe, na hora em que vi sua fotinho, me coloquei no lugar da sua mãe e senti um aperto enorme no coração.

Não posso dizer que sei o que ela está sentindo, mas o pouquinho que deu para imaginar me despertou uma vontade imensa de ajudar.

O We Love Cherry nasceu com a ideia de compartilhar. Acredito que é dando que se recebe.

E dessa vez, além de compartilhar minhas experiências e aprendizados dessa minha vida de mãe, vou dividir com vocês a história do Pedrinho e pedir que juntos, ajudemos o querido Pedrinho. 

 

Aqui está um pouquinho da sua história:

Pedrinho nasceu no dia 22 de agosto de 2013, com 36 semanas e 1 dia, considerado prematuro tardio. Hoje ele faz 11 meses.

Ele nasceu com uma síndrome rara chamada SIC – Síndrome do Intestino Curto. Isso foi reflexo de uma má formação, que fez com que seu intestino necrosasse.

Sua alimentação, desde o quarto dia de vida, acontece através de um cateter que vai até o coração.

Pedrinho já enfrentou duas cirurgias. Na segunda, nosso pequeno herói conseguiu alongar seu intestino de 12 para aproximadamente 25cm. Infelizmente isso não foi suficiente.

Ele passa por controles diários. Já chegou a receber mais de 16 picadas em um único dia para conseguir o acesso para receber a nutrição parenteral. Mesmo assim, nunca deixou de sorrir.

Sua única saída, é um transplante de intestino delgado.

Mas aí é que vem a grande questão: o procedimento só acontece nos EUA e só a cirurgia chega a custar entre 800 mil e 1 milhão de dólares, o que chega a mais de 2 milhões de reais.

Parte desse dinheiro precisa ser adiantado para que o Pedrinho possa entrar na fila de transplante e ter seu procedimento pré-agendado.

Além disso, existem os custos para a família se manter no país durante 8 meses até ser concluído o todo o tratamento.

Os pais do Pedrinho, Roger e Aline, não tem essa grana toda. Por isso, eles pedem ajuda.

Qualquer quantia pode ser determinante.

Clique aqui e dê uma forcinha!

 

pedrinho7

pedrinho2

 

Junte-se a essa Corrente do Bem! Olha só algumas das pessoas que já estão ajudando o Pedrinho:

Apresentador do Esquadrão da Moda: Arlindo Grund.

Apresentador do Esquadrão da Moda: Arlindo Grund.

Isabella Fiorentino

Modelo e Apresentadora do Esquadrão da Moda: Isabella Fiorentino

Luís Fabiano

Jogador do São Paulo Futebol Clube: Luís Fabiano

 

Jogador da Seleção Brasileira: Hernanes

Jogador da Seleção Brasileira: Hernanes

Apresentador Celso Portiolli.

Apresentador Celso Portiolli.

 

Cada um ajuda como pode:

10557237_10202166263828652_2492690432768149867_n

10527429_1436250033322650_7220683736002286230_n

10527905_1437185779895742_2158815424622642243_n

10552512_1437181009896219_5217675745678999961_n

 

Além de doações, você pode ajudar o Pedrinho de outras formas: divulgando sua campanha nas redes sociais e claro, meditando por ele.

Não custa nada e faz toda a diferença para esse pequenino guerreiro.

É só copiar e colar no Instagram, Facebook ou encaminhar por email para os amigos.

É só copiar e colar no Instagram, Facebook ou encaminhar por email para os amigos.

A campanha @amigosdopedrinho já tocou mais de 58 mil corações só no Instagram e mais de 243 mil em sua Fanpage no Facebook. Só falta você!

O Pedrinho conta conosco.

Amor & Luz,

Lala 


Newsletter

Acompanhe nas redes sociais!

Compartilhe



Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *
Comente via Facebook
gravatar
Karen Raicher
6 de junho de 2015 às 19:21

1

Aqui na Espanha existe essa modalidade que se chama “trasplanta multivisceral”ou “cluster”e é realizado pelo sistema sanitário PÚBLICO!!! Além, é o primeiro país em doação de orgãos! Eles recebem várias crianças de outros países

gravatar
Lala Cerri
7 de junho de 2015 às 14:03

2

Oi, Ká! Que demais!!!
Espero que o Brasil avance logo. Tantos bebês como o Pedrinho, precisando desse transplante…
Bj