Arquivos Gravidez » Página 4 de 12 » We Love Cherry
5
jun
10 Dicas que Você Precisa Saber Antes de Contratar a Babá do seu Filho

Screen Shot 2017-03-20 at 09.58.08

Se tem uma coisa que acho difícil é contratar babá. Até a Bella ter 1 ano não tivemos babá, mas hoje, com 3 filhos, não ter babá deixou ser uma opção. Eu não tenho braços e mãos suficientes para cuidar sozinha de duas crianças pequenas e um bebê. Sim, meu marido me ajuda MUITO e tenho uma mãe e uma avó que sempre me dão uma mão, mas no dia-a-dia, quando o marido vai trabalhar, preciso de alguém para me dar um suporte.

Escolher a pessoa que vai estar dentro de casa e fazer parte da vida da família exige muito cuidado e atenção. Depois de muitas entrevistas e algumas babás, percebi que existem alguns pontos que merecem mais atenção, alguns detalhes na personalidade que fazem a diferença e decidi reunir tudo aqui para facilitar na hora de contratar a sua babá.

São as 10 dicas que considero imperdíveis e que tenho certeza que vão ajudar muito no processo de seleção da pessoa que terá a função mais preciosa de todas, cuidar dos nossos filhos, porque, TODO cuidado é pouco na hora de entrevistar uma babá.

 

1) Ouça sempre a sua intuição

Screen Shot 2016-05-28 at 8.47.20 PM

Eu sei que parece óbvio, mas muitas vezes fiquei tão focada nas perguntas que achava importante fazer, que não dei atenção à minha intuição e fiquei só no racional. No fim das contas, me arrependi da escolha que fiz.

2) A primeira impressão é a que fica

Pode parecer superficial ou injusto, mas sempre funciona comigo. Tente sentir qual sensação aquela candidata te passa: empatia, calma, irritação… Todos temos energia e você precisa sintonizar qual é a da candidata. Sabe aquela coisa de “bater o santo”? Quando o “santo não bate” na própria entrevista, muito difícil bater depois. Já tentei reverter essa impressão, mas não deu certo.

3) Converse, converse, converse

Screen Shot 2016-05-28 at 8.36.37 PM

Converse sobre qualquer tema, mas não fique apenas nas perguntas típicas de entrevista de emprego. Ao deixar o papo fluir, você conseguirá conhecer bem mais sobre a candidata. Nessas conversas, uma vez teve uma candidata que me disse que na verdade não queria ser babá, mas que não tinha achado nada melhor!

4) O instituto materno faz a diferença

Já tive duas babás maravilhosas que não tinham filhos, mas a verdade é que ser mãe pode ser uma qualidade que faz a diferença na candidata, afinal, ela tem o instinto materno, que só quem é mãe sabe do poder.

5) Se abra ao pedir referência

Eu sempre tento ser o mais simpática possível com a ex-empregadora e já vou logo me apresentando, dizendo que sou mãe de 3 crianças, sendo um bebê e tal. Procuro criar uma empatia com a pessoa, para que ela se sinta à vontade para me contar tudo que for importante sobre a ex-funcionária. E o mais importante: eu deixo muito claro que não vou de forma alguma repassar nada da nossa conversa para a candidata ao emprego. Acho que essa ligação é uma das coisas mais importantes, porque sempre que me relataram alguns problemas ou características não tão positivas, elas se confirmaram depois! Impressionante! Hoje em dia eu não contrato ninguém que tiver referência negativa. Não quero “pagar para ver”.

6) Fique atenta a candidatos que viram entrevistadores

Uma vez estava entrevistando uma candidata, mas ela começou a fazer várias perguntas do tipo: como era o serviço, se nós viajávamos muito, se as crianças eram calmas ou agitadas… Quando percebi, eu estava sendo entrevistada por ela! Bom, eu não sei você, mas a mim não interessa esse tipo de personalidade para trabalhar como babá, então, fujo de candidatas assim. Claro que cada caso é um caso e perguntas podem demostrar um interesse na vaga, por isso mais uma vez exerça o poder do seu 6º sentido para diferenciar interessadas de verdade de candidatas mandonas e controladoras.

7) Ligar para mais de uma referência

Screen Shot 2016-05-28 at 8.41.19 PM

Ter mais de uma referência é muito importante para você não eliminar uma candidata baseada em uma ex-patroa “vingativa”, sabe?

8) Não demostre desespero

Screen Shot 2016-05-28 at 8.45.26 PM

Mesmo que você esteja totalmente desesperada, sem ninguém para ajudar com os seus 5 filhos pequenos há um tempão, não transpareça esse desespero. Eu sempre indico à candidata que vou entrevistar mais algumas candidatas e que depois darei a resposta. O melhor, de fato, é ter mais de uma candidata para entrevistar, mas se você não tem mais ninguém também não precisa falar… O ser humano é um bicho estranho, quase sempre gosta do que é mais difícil e se a sua vaga for mais disputada, provavelmente também será mais desejada. Por mais que pareça estranho, essa técnica tem funcionado bastante comigo.

9) Chegar muito antes do horário pode ser um indício de ansiedade e falta de paciência

Screen Shot 2016-05-28 at 8.32.24 PM

Chegar atrasada é sem dúvida um fator negativo, mas chegar muito mais cedo também pode ser. Eu notei que as candidatas que chegavam muito mais cedo para a entrevista geralmente eram ansiosas. Chegar mais cedo e esperar dar o horário marcado para a entrevista é perfeito, mas chegar mais cedo e ficar interfonar querendo fazer a entrevista antes do horário agendado não acho que seja positivo. Já tive um caso de uma candidata que chegou 1h30 antes do agendado e ficava interfornando a cada 15 minutos para ver se eu estava descendo para entrevistá-la. Enquanto isso eu estava de fato na correria com 3 crianças sozinha! kkkk Para mim, uma boa babá precisa antes de tudo ser paciente, acredito que ansiedade não tem como ajudar nessa profissão.

10) Não espere que ela será diferente com você

Quando eu olho a carteira de trabalho das candidatas reparo nos períodos que ela fica em cada emprego. Se nos últimos empregos a candidata ficou menos de 6 meses no emprego, muito provavelmente ela também ficará menos de 6 meses na sua casa. Já tive 2 funcionárias que nos últimos empregos tinham ficado por volta de 1 ano em cada casa e advinha quanto tempo ficaram em casa? Acertou: 1 ano. Claro que nada é absoluto, mas depois dessas experiências eu prefiro não arriscar e contratar outro perfil de babá, que tenha ficado mais nos empregos ou que pelo menos não repita em todos os empregos o mesmo período de permanência.

Espero que as dicas tenham ajudado de alguma forma! E se você gostou, não deixe de compartilhar. 😉

Esse post é um complemento ao post O que Você Precisa Saber Antes de Contratar uma Babá. Vale a pena conferir também, porque tem mais um monte de dicas ótimas que fazem toda a diferença na hora da entrevista.

Amor & Luz,

LALA 


Newsletter

Acompanhe nas redes sociais!

Compartilhe


6
abr
Entrevista com uma Mãe de Três

Colagem Entrevista Mae de Tres

 

Estou ensaiando o que escrever aqui depois de tanto tempo sem postar – e o pior, não foi a primeira vez que fiquei ausente.

A verdade é que não estou conseguindo postar, não por falta de vontade (ah! essa tem de sobra! Pensar no blog é uma das coisas que mais me motivam), mas sim, por falta de tempo.

Com a chegada do terceiro filho, ainda estou me ajeitando à nova rotina.

Fiquei chateada, me senti culpada, mas cheguei à conclusão que ser mãe é isso mesmo, é enxergar diariamente nossas limitações e dificuldades e seguir adiante, buscando sempre ser a nossa melhor versão.

Por isso, estou voltando aos poucos com muitas novidades imperdíveis.

E para inaugurar a nova fase, compartilho com vocês a entrevista que fiz para a jornalista Priscilla de Paula do Mãe Sem Receita, contando justamente como é ser mãe de três e umas coisinhas mais.

Vem ver!

 

Gostou? Compartilhe. Comente. Isso faz toda a diferença pra gente! 😉

Amor & Luz,

LALA 


Newsletter

Acompanhe nas redes sociais!

Compartilhe


24
jan
O David Nasceu!

DavidNasceuBanner

Meninas, meu bebê nasceu!!!! :)

No dia 15 de outubro de 2015 o DAVID chegou, depois de 39 semanas e 6 dias de muita ansiedade!

Estou tão feliz, me sentindo tão abençoada que não podia deixar de compartilhar com vocês.

Sim, você leu direito, hoje ele já está com 3 meses. Mas, confesso que me atrapalhei com a nova rotina (muda MUITO com a chegada do terceiro filho) e finalmente agora consegui postar algumas fotos do seu nascimento.

Quem me acompanha no Instagram (@blogwelovecherry) já o acompanha, mas aqui está a chegada oficial do David no blog. 😉

 

DavidNasceuBanner1

Dessa vez contratei uma fotógrafa especializada em retratar partos, a Olivian Moioli (@olivianmoiolifotografia), e adorei o resultado. Ela pôde registrar tudo, toda a emoção que tomou conta de mim e do Caio e, claro, o David, de uma forma super discreta. E a melhor parte: o papai pôde ficar sem a preocupação de ter que fotografar o momento mais importante da vida. Nada como poder “apenas” sentir essa bênção chegando…

Agora sim a família está completa. :)

Amor & Luz,

LALA 


Newsletter

Acompanhe nas redes sociais!

Compartilhe