Arquivos Viagem » We Love Cherry
6
mar
Disney com Crianças: as 5 Dicas que Você Precisa Saber

Sempre me perguntam se acho que vale a pena viajar com bebê e criança pequena. Minha resposta é: sim! Viajar com crianças é a coisa mais gostosa do mundo! Mas, com certeza não é fácil, especialmente para a Disney.

Disney com criancas

Já viajei para a Disney mais de 7 vezes de todos os jeitos: grávida, com bebê, com 2 crianças, com 2 crianças e grávida, com 2 crianças e 1 bebê.

Ter viajado algumas vezes para o mesmo destino com certeza me abriu os olhos para alguns detalhes que podem facilitar e muito a viagem com crianças. Então, depois de passar alguns perrengues e ter aprendido com essas dificuldades, aqui estão as 5 dicas essenciais para você não passar nenhum sufoco na Disney com as crianças.

Prepara o papel e a caneta, porque as dicas são boas 😉

·
♥ Antes quero que saiba que não estou aqui para vender nenhum produto. Diferente de muitos blogs – que recebem por indicações – eu não estou comprometida com qualquer empresa. Meu objetivo aqui é te ajudar.

 

1) Carrinho Certo

Os parques da Disney são muito grandes e portanto andamos muito todos os dias. Se o ritmo é cansativo até para os adultos, imagine para as crianças! Mesmo as criancas que não usam mais carrinho vão precisar de um carrinho na Disney.

O carrinho serve não só para a criançada descansar as perninhas, mas também para tirar um cochilo e até para eles dormirem quando ficamos até tarde nos parques.

O carrinho tem que ser: confortável (tem que reclinar para a criança conseguir dormir, não precisa deitar 180), leve e fácil de desmontar (porque tem que montar e desmontar várias vezes para entrar em alguns brinquedos e para se locomover em trem/ônibus/carro).
Você pode levar o seu, comprar um novo lá ou alugar.

*ALUGAR:

  • Carrinho da Disney: ótima opção, mas é a caminhada na saída do parque (até o ônibus/carro e depois até o quarto no resort) que fica mais puxado. E infelizmente o carrinho alugado deve ser entregue na saída do parque. Se você aluga num dos parques, durante aquele mesmo dia se você for para outro parque pode pegar outro carrinho sem custo adicional.

Carrinho Disney

  • Locadoras de carrinhos: alugam carrinhos “de verdade”, mais confortáveis e que podem ser levados até o hotel: Kingdom Strollers, Magic Stroller, Orlando Stroller Rentals. (Nunca testei nehuma dessas empresas, mas pelo que pesquisei são as mais indicadas.)

 

*COMPRAR: a vantagem de comprar é que depois você pode usar no resto da viagem e levar para o Brasil. O preço nos Estados Unidos é sem dúvida muito menor do que aqui, além disso existe uma variedade muito maior de carrinhos. Eu comprei pela internet e pedi para entregar no meu hotel em Orlando.

Seguem abaixo as minhas sugestões – duas opções mais caras, se vc quiser investir num carrinho para usar no Brasil depois. E uma mais baratinha, mas que super funcionou pra gente nessa última viagem.

  • Yoyo da Baby Zen (US$495): eu tenho e amo muito, tanto que fiz um post só dele aqui. Levamos para a Disney e só comprei o Delta (imagem abaixo), porque precisava de mais uma carrinho para acomodar as 3 crianças.
  • GB Pockit da Child USA (US$195): É o carrinho mais compacto do mundo! Veio pra concorrer com o Yoyo e tem feito bastante sucesso. O preço é bem melhor que do Yoyo…
  • Carrinho da Kolkraft à venda nos parques da Disney: Já compramos umas 2 vezes, porque esquecemos o nosso carrinho e porque o carrinho para alugar da Disney não reclina. Adoramos, justamente porque o assento reclina um pouco, diferente da maioria dos carrinhos desse estilo.
  • Delta Children City Street LX Side by Side (US$70): O nosso escolhido para a última viagem. Super indico! Queríamos um carrinho duplo que não fosse um trambolho e ele foi perfeito. Muito prático e leve.

Carrinho Duplo Delta Disney

 

2) Identificação nas Crianças

Já pensou se uma criança se perde na Disney?

Grandes chances da criança não conseguir se comunicar por ser muito pequena ou por estar com medo, vergonha ou simplesmente pela dificuldade da língua diferente.

Eu não gosto nem de pensar em coisas ruins, principalmente com meus filhos, mas planejar uma viagem com criança significa antecipar possíveis problemas para evitá-los. Por isso, essa dica é tão importante: identifique seus filhos!

Aqui estão algumas opções de identificação que super funcionam:

Tatuagem com Identificação Disney

IMG_0032

Tag para Tenis Disney

Bracelete Identificador com Plaquinha Disney

 

Achei todas essas opções na Amazon, digitando: “ID bracelet”. Aparecem muitas opções, essas foram as minhas favoritas. Se você gostou da tatuagem (temporário, claro!), é só digitar “ID tattoo” na Amazon também. Eles podem entregar no seu hotel. 😉

 

3) Baixar os Apps Oficiais dos Parques

Vale muito a pena baixar os aplicativos dos parque, porque otimiza e muito o nosso tempo! Não sei mais como visitar um parque sem usar esse recurso. O que mais nos ajudava era ver o tempo de espera em cada brinquedo. Assim, a gente ia monitorando e deixava para ir naquele brinquedo ou atração super concorrido quando a fila diminuísse. Isso tudo sem precisar ficar passando na frente para checar a fila. Eu uso também para ver onde tem o restaurante ou banheiro mais próximo. (Nós mães sabemos que as crianças só nos avisam que querem fazer xixi no último minuto)

Apps que sugiro:

App Disney

App Tempo de Espera Disney

 

4) Vestir as Crianças com Cores Fortes

Parece uma coisa tão boba, mas a verdade é que faz muita diferença e facilita e muito. Imagina centenas de crianças de todas as idades, inclusive do seu filho, todas bem pertinho e com roupas parecidas. Agora imagine esse mesmo cenário, mas seu filho com um casaco amarelo (daqueles tipo marca-texto) ou azul turquesa. Não fica mais fácil de identificar do que se estivesse de preto? Em grandes aglomerações, bastam alguns segundos para uma criança se perder e a cor em destaque fará essa diferença.

 

5) Levar Comida 

Nem sempre conseguimos achar comida saudável na Disney, aliás, é beem difícil de achar! Então, se você puder levar de casa/hotel uma comidinha saudável e gostosa é muito melhor! Nós ficamos em um quarto de hotel que era meio apartamento e tinha uma cozinha americana, então, nós conseguíamos fazer uma comidinha para David que é ainda pequenininho (1 ano e 1 mês). Ele não gostou muito da comida dos parques e só assim comia direitinho. Nós fazíamos arroz com fiezinhos de peixe empanados (daqueles congelados – eu sei que é a coisa mais saudável do mundo, mas era o que dava para fazer no quarto do hotel…), purê de batata com filezinho ou sopinha de legumes.

Outra dica é também levar água. Na Disney tem pra vender, mas eu preferia levar de casa na garrafinha térmica que as crianças estão acostumadas a beber.

Thermos Disney

 

Pote Termico Thermos Viagem

E aproveite e leve também alguns lanchinhos que quebram super o galho naquelas horas que a fome chega e estamos no meio da fila do brinquedo! Vale qualquer coisa prática: maçã, bolachinha, queijinho…

Ah! E quando tiver que ir em algum restaurante nos parques, evite os horários de pico (os americanos costumam almoçar e jantar bem cedo).

Arroz de Microondas Disney

Espero que essas dicas facilitem a sua viagem!

Pode deixar a sua dúvida aqui embaixo nos comentários que prometo responder o quanto antes. 😉

Ah! E se você tiver alguma dica, vou adorar saber!

Bjs,

LALÁ 


Newsletter

Acompanhe nas redes sociais!

Compartilhe


28
ago
Manual de Sobrevivência na Disney com Crianças

Antes de começar o post, queria pedir MIL DESCULPAS pelo meu sumiço daqui do blog!

Eu senti muita falta de escrever para vocês. Vocês nem imaginam o quanto! Me sinto super culpada toda vez que não consigo postar aqui como gostaria, mas espero que vocês me perdoem e que continuem me acompanhando, ok?!

Quem me acompanha no Instagram (@blogwelovecherry), sabe que eu estava em Miami e que a semana passada toda fiquei em função dos preparativos da festa da Bella e da Nina, que organizei toda sozinha. Sem contar que estou grávida e, nessa gravidez estou bem mais devagar que nas outras duas… #LalaFailed

Então, para reparar o tempo perdido, vou começar dividindo com vocês dicas exclusivas que salvaram a nossa viagem para a Disney com 2 criança e 1 grávida com quase 8 meses (euzinha!). Vem ver!

 

Colagem Manual de Sobrevivência na Disney com Crianças

 

Bate-e-volta

Depois de longos 3 meses de repouso médico, recebi alta do meu médico e decidimos ir para Miami passar 2 semanas com a família toda. E lá fomos nós: marido, Bella com 5 anos, Nina com quase 2, vó, marido, babá e eu, grávida de mais de 7 meses*!

 

Estava uma delícia, mas a ideia de dar um “oi” para o Mickey com as crianças foi muito tentadora e decidimos fazer um bate-e-volta para Orlando.

Nós já tínhamos levado a Bella na Disney 2 vezes, quando ela tinha 3 anos, e em uma das vezes eu estava grávida, mas nunca tinha ido tão barriguda. E uma coisa é ir com uma criança, agora fomos com duas…

Portanto, essa viagem foi diferente e queria dividir com vocês o que valeu a pena e o que achei que não foi tão legal.

Disney com Crianças e Grávida 3

 

*Fica a dica para as grávidas que forem fazer viagem de avião: gestantes acima de 28 semanas (7 meses) até 32 semanas (8 meses) é obrigatória a apresentação do atestado médico do obstetra.

Neste atestado devem conter os seguintes dados: origem, destino da viagem, data de saída e chegada dos vôos, tempo de vôo máxima permitido e estimativa da data do nascimento do bebê.

 

Primeiro Dia

No primeiro dia fomos no Magic Kingdom e foi maravilhoso! Esse é o parque mais famosos e tradicional da Disney.

Foi uma delícia! Acho que esse parque é perfeito para crianças, em especial meninas, porque tem todas as princesas da Disney e suas atrações.

O único ponto negativo foi a dificuldade para ver as princesas favoritas de 10 entre 10 meninas: Elsa e Anna. Como ficar 2 horas na fila com2 crianças e eu grávida?! Impossível, né?!

Disney com Crianças e Grávida 8

Mas, tirando isso, conseguimos fazer bastante coisa. Vejam só as atrações que fomos:

  • The Magic Carpets of Alladin

Screen Shot 2015-08-25 at 16.44.28

  • The Barnstormer (montanha-russa preferida da Bella)
  • Prince Charming Regal Carroussel
  • Dumbo The Flying Elephant

Screen Shot 2015-08-25 at 16.45.22

  • Enchanted Tales with Belle (teatrinho que a Bella participou. Super fofo.)

Disney com Crianças e Grávida 5

  • Mickey’s Philharmagic

Screen Shot 2015-08-25 at 16.50.27

  • Under The Sea – Journey of Little Mermaid

Screen Shot 2015-08-25 at 16.48.43

  • Character Spot – Tinker Bell

Disney com Crianças e Grávida

  • Tomorrowland Transit Authority Peoplemover

Screen Shot 2015-08-25 at 16.47.16

  • Celebrate A Dream Come True Parade

Screen Shot 2015-08-25 at 16.56.52

  • Main Street Eletric Parade

Screen Shot 2015-08-25 at 16.50.47

 

Segundo Dia

No 2º dia, fomos no Universal Studios e Island of Adventure.

Disney com Crianças e Grávida 6

Estávamos mais cansados (principalmente eu, com a barrigona) e também choveu algumas vezes durante o dia, o que deu uma desanimada geral na turma. A geografia do parque também não ajuda, por ter um lago no meio do parque, temos que dar a volta toda para ir nas atrações, não dá para cortar caminho. Isso cansa muito!

Disney com Crianças e Grávida 9

Conseguimos ir nas seguintes atrações:

UNIVERSAL STUDIOS

  • Shrek 4D

Screen Shot 2015-08-25 at 17.00.01

  • The Hogwarts Express

Screen Shot 2015-08-25 at 17.01.37

  • E.T. Adventure

Screen Shot 2015-08-25 at 17.02.59

  • Woody Woodpecker’s Nuthouse Coaster

ISLAND OF ADVENTURE

  • The Cat in the Hat
  • Caro-Seuss-el

Disney com Crianças e Grávida 7

Achamos que seria legal mudarmos de parque, mas no final acho que deveríamos ter feito mais um dia no Magic Kingdom mesmo. Além de ter ficado mais em conta, o Magic Kingdom tem mais atrações para meninas e é mais tranquilo de circular, por ser redondo e dar para cortar caminho.

Outro ponto negativo foi a dificuldade em ver os Minions. A atração deles (Despicable Me: Minio Mayhem) estava com MUITA espera o tempo todo e ficou inviável para as crianças assistirem.

Obs.: Sempre consultar a altura permitida para as atrações. Algumas das atrações que fomos a Nina não pôde ir, em outras nem a Nina, nem eu (por estar grávida). É possível verificar isso nos mapas e aplicativos do parque.

 

O que vestir?

Com certeza ir para Disney no verão não é uma das melhores ideias, grávida ou não, com crianças ou não. Gente, é muito quente!! Para amenizar, só mesmo o visual lindo, muito água para hidratar e aqueles mini ventiladores que espirram água! Recomendo roupas claras, frescas e sapatos confortáveis. Na Disney ninguém fica reocupado com estilo, apenas conforto. Usei uma saia com shorts de ginástica que tinha e ainda me serve (!) e regatinha de algodão canelada que comprei por menos de US$4 no Walmart (super indico!!!).

Se eu não estivesse grávida e tão pesada iria de chinelos por conta do calor, mas com o peso meu calcanhar começa a doer e o tênis me dá mais apoio e sustentação. Como sempre uso a mesma marca de tênis, nem preciso provar, porque já sei o meu tamanho. Por isso comprei na Amazon, que amo e tem muito mais variedade de cores e modelos, sem falar nos melhores preços. Dessa vez, foi tudo tão em cima da hora, que tive que mandar entregar no hotel em Orlando antes mesmo de chegarmos lá! Nunca tinha feito isso e não é que deu certo! #MaravilhasDaModernidade

Para as crianças, roupinhas leves também. Prefiro shorts a saias para elas sentarem mais tranquilas. Bella usou chinelos tipo havaianas e deu tudo certo. Nina foi de sandália Chicco, que dá firmeza e não é tão quente quanto sapatos fechados.

 

Onde ficar?

Sempre ficamos em hotéis dentro da Disney. Já ficamos no Disney’s Animal Kingdom Lodge Disney Contemporary Resort. O primeiro é incrível, o hotel todo é ambientado como se estivéssemos no meio de um safari e pela varanda do quarto é possível ver girafas e outros animais. Muito lindo! O segundo é o mais prático possível, afinal dentro dele passa o Monorail que vai para os parques. Além disso, dá para assistir o show de fogos do Magic Kingdom, se o quarto tiver vista para o lago.

Disney com Crianças e Grávida 11

Mas, dessa vez optamos por um hotel diferente, que tivesse um quarto tipo “apartamento” para todos ficarmos juntos. Sem falar que com o câmbio os hotéis da Disney estavam bem carinhos para uma viagem do tipo bate-e-volta… O Caio escolheu super rápido pelo Trip Advisor apenas dia antes de viajarmos, (acho que isso também faz com que as tarifas sejam as mais altas possíveis). Ficamos no Marriott’s Sabal Palms e achei uma boa opção, o “quarto/apartamento” tinha 2 “suítes”, sala, varanda, cozinha americana, nada especial, mas super confortável com ótimo custo/benefício, especialmente para famílias.

 

Preços

Gente, esse dólar a quase R$4,00 está matando, né?! Afff! Acredito que a melhor coisa seja programar o quanto antes e pesquisar os preços dos ingressos nos sites dos parques antes. Pacotes sempre saem mais baratos também. Como decidimos de última hora (infelizmente um costume já nosso :(), acabamos pagando o preço cheio dos ingressos. E com esse câmbio ruim, desistimos de contratar o serviço de guia VIP/Express que evita filas nos parques.

 

Dicas para evitar filas

Para evitar as grandes filas existem alguns “truques” que aprendi:

1) Chegar cedo

As primeiras 2 horas do parque são as mais vazias, então você consegue fazer as atrações mais concorridas pela manhã com pouquíssimas filas. Claaaro que não conseguimos fazer isso, mas não importa a hora que você chegue, vá primeiro nas atrações mais concorridas. Além de ter menos filas no começo do dia, se você deixar para pegar essas atrações por último provavelmente já estará esgotada e desanimada para enfrentar uma longa fila.

2) Ter uma programação

Você pode se programar através dos sites dos parques, ou melhor ainda, com os aplicativos* dos parques, que já existem e podem ser baixados gratuitamente, com os mapas dos parques, com todas as trações e horários, tempos de fila… No Magic Kingdom conseguimos nos planejar mesmo que em cima da hora, porque conhecemos melhor o parque e ele é fácil de andar. Já no Universal Studios e Adventure Island foi um caos e perdemos muito tempo.

 3) Usar os FastPass+

IMG_6476_2

Na Disney, procure no mapa onde ficam as “maquininhas”de FP+ e procure reservar para as atrações mais concorridas o quanto antes. Mesmo se houver fila, vale muito a pena!

4) Usar a fila de Single Riders

Entrada de FastPass+ à esquerda e de Single Riders à direita, no Epcot.

Algumas atrações da possuem a fila chamada Single Riders, além da fila normal , que se destina a pessoas que estão viajando sozinhas ou não se importam de irem separadas do resto da família.

Assim, se a atração tiver um carrinho que caiba 4 pessoas e tem uma família de 3 na fila normal, os atendentes vão colocar uma pessoa do Single Riders no carrinho junto com a família de 3 para completar a 4ª vaga. Esta fila normalmente é bem mais rápida que a regular, mas você deve estar ciente que se a sua família inteira entrar nela, vocês não vão andar juntos na atração.

5) Não tirar foto assim que chegar ao parque

Corra para as atrações primeiro e deixe as fotos para mais tarde, depois do almoço, por exemplo.

6) Não ficar nas lojas

Todos os parques são cheios de lojas e quase todas as atrações terminam em uma loja. Deixe para visitar as lojas no final do dia, ou logo após uma refeição, assim você não perde tempo ao sair de uma atração e já pode ir direto para a próxima.

7) Almoçar mais cedo ou mais tarde

Os restaurantes ficam lotados no horário de almoço, então se você puder almoçar mais cedo, por volta das 11h30 ou mais tarde, depois de 13h30, vai evitar filas nos restaurantes. Leve um lanchinho na mochila (sanduiches, barra de cereal, etc) para “enganar” a fome.

8) Usar os aplicativos dos parques
Agora que a maioria dos parques tem internet wi-fi grátis, é muito válido baixar os aplicativos oficiais dos parques. Em todos eles você pode ver como estão as filas em tempo real, então você pode sair da atração e abrir o aplicativo para verificar qual atração tem menos filas naquele momento. Usamos muito esses aplicativos!

*Aplicativos Sugeridos:

  • My Disney Experience
  • Disney World Wait Times Free
  • Disney World Maps
  • Disney World Park Hours
  • The Official Universal Orlando Resort App 
  • Universal Orlando Wait Times
  • Universa Orlando Maps

 

O que não pode faltar na mochila das crianças

  • água na garrafinha térmica (amo a Thermos) para manter a bebida o mais fresca possível no calor absurdo de Orlando;
  • lencinho umedecido;
  • lanchinho (frutas, biscoitos, o que a criança gostar de comer);
  • chupeta (para quem dá, claro!);
  • blusinha de frio (nunca se sabe, né?!);
  • 1 muda de roupa (serve para uma emergência e/ou para trocar depois das brincadeiras que molham – no verão tem uns pontos de brincadeira com água que as crianças amam);
  • 1 chapéu, de preferência que seque rápido se molhar (super importante!);
  • protetor solar;
  • fraldas;
  • 1 trocador (para não apoiar o bebê direto naqueles trocadores dos banheiros);
  • 1 fraldinha de pano

!!! Ah! E para crianças, não se esqueça de levar um bom carrinho! Até a Isabella, com 5 anos, usa bastante o carrinho, porque o passeio é bem puxado, são muitas horas no parque andando. Dê preferência aos carrinhos que reclinam e com capotas para evitar o sol forte do verão ou o vento frio no inverno. Eu nunca levei o nosso carrinho do Brasil (temos preguiça), compramos sempre lá na Disney, logo na entrada do parque mesmo um carrinho simples, tipo guarda-chuva, que reclina e quebra o galho. O único problema dessa vez foi que esse carrinho não tinha uma capota descente e por isso contamos exclusivamente com o chapéu das meninas.

 

Conclusão

Cansamos (acho que eu principalmente), mas achei que valeu muito a pena!

Só de ver a carinha de felicidade da Bella já foi maravilhoso! Apesar de ela já ter ido outras vezes, senti que agora com 5 anos foi especial, ela sentiu o que é mesmo a Disney. A Nina curtiu bastante e deu bem menos trabalho do que imaginávamos. 

Todo mundo se divertiu muito. Acho impossível ir para a Disney e não se aproveitar, todos viram crianças ao chegar lá, é uma delícia! Confesso que gostaria de ter ido em mais brinquedos, mas como estava grávida, não pude ir em tantos. Ah! Vocês acreditam que os funcionários dos parques não podem supor e nem ao menos perguntar se a pessoa está grávida?! Foi uma funcionária que me explicou isso. Então, cabe a nós gravidinhas, nos cuidarmos e lermos os avisos de segurança antes de entrarmos nas filas, ok?!

Essa foi a nossa 1ª experiência com babá em viagem e posso dizer que valeu muito a pena. Por estar grávida, ainda mais depois de um longo período de repouso médico, precisava de alguém para nos ajudar, só o Caio ficaria muito puxado para ele. Também não queria que minha mãe ficasse 100% do tempo na função… Assim, a babá nos ajudou bastante, como uma assistente, sempre junto comigo ou com o Caio. E para evitar que ninguém se perdesse do grupo, principalmente a babá que não fala inglês, combinamos de nos falar por mensagem através do WhatsApp. Mas, ainda bem que ninguém se perdeu!

 

E o que achou do post? Curta, comente, participe. Fico tão feliz com vocês se manifestando por aqui. Sem contar que assim fico sabendo o que vocês mais gostam para escrever mais depois. 😉

Amor & Luz,

LALA ♥

 

Divulgação: O post acima não é patrocinado (publipost/publieditorial). As opiniões e experiências que publico no blog We Love Cherry são verdadeiras e honestas. 


Newsletter

Acompanhe nas redes sociais!

Compartilhe


25
jun
20 Maneiras de Decorar sua Casa com Lembranças de Viagens
Em: Viagem

Colagem 20 Maneiras de Decorar com Lembranças de Viagens

Acho que viajar é uma das melhores coisas que podemos fazer na vida. Poder viajar com as pessoas que amamos, então, não tem preço.

A minha vontade de registrar os momentos inesquecíveis da viagem é tão grande, que vou guardando tudo – o guardanapo daquele restaurante maravilhoso onde tomei o melhor sorvete da vida com meu marido, o bilhete aéreo da primeira viagem da Bella, o mapa do Louvre, o cartão do restaurante mais top de Ibiza…

Mas, o que fazer quando a gente chega em casa com aquele monte de papel cheio de recordações? Como dar a devida importância a cada pedacinho de lembrança que trazemos das viagens?

Foi pensando nisso, que separei aqui 20 ideias super criativas para decorar a sua casa com lembranças de viagens.

E se você não é do tipo que guarda tudo como eu, também separei algumas ideias bem legais para dar o destaque merecido àquele seu lugar preferido no mundo ou deixar bem claro o seu amor por viagens.

Vem ver!

 

1) Fazer quadrinhos tipo scrapbook.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.41.28

Screen Shot 2015-06-25 at 10.41.19

Screen Shot 2015-06-25 at 10.41.09

·

2) Que tal imprimir todas as fotos que você postou no Instagram durante a viagem?

Screen Shot 2015-06-25 at 10.39.36

·

3) Guardar todos os tíquetes em um pote de vidro com um ar envelhecido.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.40.37

·

4) Para quem gosta de fazer diário de viagem, essa ideia é perfeita.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.43.22

·

5) Guardar todos as recordações dentro de um quadrinho.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.42.59

·

6) Preguiça de inventar? É só colocar todos as caixinhas de fósforos, chaves de hotel… dentro de um aquário de vidro e voilà!

Screen Shot 2015-06-25 at 10.41.46

·

7) Decorar caixas com mapa e nome da cidade e dentro colocar as recordações. Demais, não?!

Screen Shot 2015-06-25 at 10.42.25

Screen Shot 2015-06-25 at 10.42.18

Screen Shot 2015-06-25 at 10.42.11

·

8) Usar um porta-retrato com profundidade (tipo caixa) e colar todas as recordações.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.41.38

·

9) Uma versão maior desse “porta-retrato”. Amei o mapa de fundo, as fotos e alguns objetos mais marcantes, como as chaves. Super criativo!

Screen Shot 2015-06-25 at 10.42.36

·

10) Colar um mapa do mundo bem grande na parede com fundo de cortiça para ir marcando os países que conhecer. #SonheDeConsumo

Screen Shot 2015-06-25 at 10.42.48

Screen Shot 2015-06-25 at 10.43.56

Screen Shot 2015-06-25 at 10.43.49

·

11) Outra versão do mapa na parede. Dessa vez o mapa pega a parede toda. Ideia criativa e super educativa!

FullSizeRender

·

12) Forrar um quadro de ímã com um mapa.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.40.24

·

13) Pendurar vários mapas com seus lugares favoritos no mundo.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.44.56

·

14) Emoldurar o mapa tipo “raspadinha”. Conforme você vai conhecendo novos países, vai raspando e mudando o mapa de cor. não tem mais divertido, né?! Para comprar clique aqui.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.44.48

·

15) Pintar ou colar na parede o mapa-múndi. Com certeza uma forma diferente de demonstrar o seu amor por viagens na decoração.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.44.38

·

16) E que tal fazer furinhos no globo por onde você já passou? Quando acende a luz no escuro fica um show!

Screen Shot 2015-06-25 at 10.44.31

Screen Shot 2015-06-25 at 10.44.24

·

17) Imprimir na almofada o mapa da sua cidade favorita ou até o bilhete aéreo da sua viagem de lua-de-mel.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.44.17
Screen Shot 2015-06-25 at 10.44.03

·

18) Pendurar pratos dando forma à um país ou continente, que você ama.

Screen Shot 2015-06-25 at 10.43.39

·

19) Já pensou ter um mapa feito de fotos de momentos inesquecíveis?Screen Shot 2015-06-25 at 10.43.29

·

20) E pra fechar com chave de ouro, que tal uma parede com o mapa do mundo mais fashion que você já viu. Simplesmente amei!

FullSizeRender

Ai, que vontade que me deu de viajar agora… Hora de curtir minhas caixinhas cheias de lembranças das viagens!

Amor & Luz,

LALA 


Newsletter

Acompanhe nas redes sociais!

Compartilhe